OFICIO nº. 017/2014 de Renuncia do Presidente da Administração Estadual do Paraná

Download PDF

Curitiba, 17 de novembro de 2014.

Ao Senhor
Antonio de Pádua Soares Bicudo Junior.
Presidente do Conselho de Administração da Labre Paraná

OFICIO nº. 017/2014

Prezado Senhor,

Tendo em vista ter sido nomeado pelo senhor, para assumir a Presidência da Administração Estadual da LABRE-PR para o período de 01/01/2014 a 31/12/2014, conforme o Estatuto Social e ciente de sua prerrogativa de escolha em razão de ter sido nomeado para um “mandato tampão”, desde que assumi tal cargo, tenho desempenhado todas as atividades conforme as exigências do cargo, estabelecido em Estatuto .

Ocorre que, em razão dos últimos acontecimentos que unem a sua pessoa ao ex-presidente da LABRE-PR, Sr. Noel Lavorati, fato este somado a diversos incidentes, intrigas, fofocas, calúnia e difamação movidos direta ou indiretamente por ele e ocorridos em diversos níveis no decorrer deste ano contra esta Instituição e a minha pessoa, venho manifestar-me nos termos que seguem:

1. A posse, em janeiro de 2014, deveria ter sido transmitida pessoalmente pelo então Presidente, senhor Noel Lavorati, com a entrega das chaves, inventário, associado e a posição financeira da instituição, o que não ocorreu.

2. Por tal atitude do ex-presidente, não houve nenhuma solicitação formal de esclarecimento por parte do Conselho de Administração, bem como a prestação de contas por ele apresentada como pontos obscuros e não esclarecidos, também foi aceita e encerrada.

3. Na qualidade de Presidente Executivo da Entidade, realizei notificação extrajudicial de Noel Lavorati, ante diversos atos que denegriram a imagem da Instituição assim como de seus membros, e, mesmo frente às diversas provas apresentadas, vossa senhoria e o Conselho em sua maioria definiram que este mencionado membro da Instituição não seria excluído do quadro de associados. Nem os envolvimentos que denigrem a Instituição, conforme também estabelecidos no Estatuto, do mencionado associado, dentro da Instituição, nem mesmo o fato dele haver montado uma repetidora particular em total detrimento da manutenção da repetidora de nossa Instituição, que pereceu por falta de manutenção e conservação, alem de estar correndo o risco de ser desativada por não ter sido acertado com o dono do terreno sua permanência naquele local e ainda não resolvido, pois não conseguimos dialogar com o proprietário, devido a imagem que fizeram da Labre-PR perante o mesmo, foram razões para que somássemos atitudes visando o fortalecimento de nossa octogenária Entidade.

4. E, como já mencionei, fui nomeado Presidente para auxiliar no engrandecimento da Instituição e do Radioamadorismo e se não for para atingir este objetivo, não há porque insistir. Vivi 61 anos sem ocupar tal posição, sou Engenheiro e não é novidade para ninguém que, quando nomeado, encontrava-me a passeio, na Europa. Não tenho o menor interesse em me confrontar com este Conselho e muito menos com o associado Noel Lavorati, para quem o cargo de Presidente da Instituição deve ser a última coisa a ser dada, pois ele não se conformou em sair da Presidência da Labre, por total ausência de ação dele mesmo.

5. Quanto às atividades que fora desenvolvidas, estas sempre foram acompanhadas por Vossa Senhoria e pela totalidade do Conselho, mas, resumidamente, o que tenho a destacar são os seguintes itens:

ASSOCIADOS: O nosso quadro de associados conta com um total de 564 Labreanos, distribuídos entre adimplentes, inadimplentes e remidos.

BIRÔ DE QSL: Nosso Manager do Bureau continua mantendo o Bureau em plena atividade. Os custos desta atividade são apenas o de envio dos cartões, que são bancados pela Labre-PR.

ANATEL – PROVAS: Ainda estamos com problemas na execução das provas de CW, pela ANATEL agora em razão de Lei. Mas, quanto as demais provas, este ano foram realizadas em seis localidades diferentes, com 50 vagas cada uma, com exceção para Foz do Iguaçu onde se conseguiu 100 vagas.

PATRIMÔNIO: A sede do 3º andar estava muito suja e subaproveitada. Visando melhorar a otimização e confição financeira da Entidade, o terceiro andar foi locado e com o valor da locação é realizado o pagamento do condomínio da sala do 9º andar, que foi otimizada tendo espaço para as reuniões e sala de aula, além do atendimento normal. Os terrenos encontram-se sub-judice.

FINANÇAS: hoje, sem despesas com secretaria, cujo custo total era em torno de R$2.000,00/mês e estando a despesa de condomínio resolvida com a locação da sala do 3ª andar, as mensalidades revertem-se a partir de agora para planejamentos e investimentos futuros, pois os nossos custos internos são luz e telefone, IPTU e sendo o de maior custo o envio de cartões, podendo agora começar a organizar as provisões mensais. Nossas obrigações estão em dia e mantendo os pagamentos sempre dentro do prazo.

REPETIDORAS: Temos duas repetidoras, uma de VHF e outra de UHF, instaladas no morro dos Perdidos, estas instalações estão muito deterioradas, pois não são feitas melhorias há muitos anos, estando hoje também com problemas com o dono da área, que não quer contato com a Labre-PR devido a muitos aborrecimentos com pessoas da Labre-PR nos últimos anos.

ESTAÇÃO DE RÁDIO: Na sede da Labre Paraná existe somente um radio VHF em funcionamento, o de HF é muito antigo e esta com problemas de funcionamento, não se encontrando na sede inventário de 2007 a 2013.

ATIVIDADES RADIOAMADORÍSTICAS: Durante essa nossa administração, graças a Colegas abnegados, estamos participando dos eventos, desde o ZZ0, sempre com expressiva pontuação.

EVENTOS/ENCONTROS: Neste ano devido à dificuldade em encontrar colegas-associados, dispostos a realizarem encontros, jantares e demais eventos, demos prioridade ao saneamento da Instituição.

ESTATUTO SOCIAL: Desde a eleição de 2011 venho informando o Conselho de Administração sobre a necessidade do Registro da Ata de Posse dos Conselheiros, não realizado e também sobre a necessidade de nomeação de Comissão para adequar o Estatuto ao Estatuto da Labre Federal.

Ante o exposto, venho pela presente apresentar RENÚNCIA ao cargo de Presidente da Administração Estadual da Labre Paraná. Nomeado com “mandato tampão”, a partir do ato de entrega deste, deixando o cargo livre para que vossa senhoria nomeie alguém interinamente de sua escolha, conforme delibera o Estatuto, entendendo como indispensável a abertura de processo eleitoral a ser realizado conforme previsão estatutária.

Curitiba, 17 de Novembro de 2014.

João Jubery – PY5JJA

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>